sábado, 18 de fevereiro de 2012

a mim não pá!!

Se há coisa que eu odeio mas assim do fundo das minhas entranhas, sim porque estou certa que elas devem ter um fundo, é que me façam de parva. Ou pelo menos que tentem fazer.
Detesto que se armem em "chicos espertos" e estejam claramente a enganar-me ou a tentar ludibriar-me vá, mentindo descaradamente com todos os dentes que tem na boca e julgarem que me comem por lorpa. 
Naaa comigo não. 
Tenho muito defeitos mas estou habituada a ter, como diz o povo, um olho no burro outro no cigano, não vá o diabo tecê-las (isto aprendi com o meu futuro quase já esposo). 
Por norma, a minha postura é a de "deixa lá ver até onde vai a lata deste ou desta" e depois... pimba lá venho eu com a célebre história do "tem a certeza que é mesmo assim?" e depois de ouvir um "claro menina nem tenha dúvida" (que eu oiço logo como se fosse um "claro menina, escusa de ficar sossegada que eu estou aqui a tentar lixá-la da forma mais mansinha que sei e posso") exponho logo a pessoa. E aí munida de tudo o que me dá razão deixo a pessoa assim bem no fundinho (quase ao pé das entranhas quem virá à direita)... 
Palpita-me que isto está para breve... é por isto que eu detesto negócios, sempre fui mais dada à comunicação que se há-de fazer...
Tumblr_lzjgdkpvtr1rpb3n6o1_500_large

2 comentários:

  1. há pessoas mesmo sem carácter que nos tentam enganar, mas ignora :)

    ResponderEliminar