quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

exageradamente atenciosa ou principio de alzheimer?

Se ele há coisa que me custa quando entro numa loja é que a(s) fincionária(s) se colem a mim a perguntar :
"Posso ajudar?"  Será que não percebem que as mulheres na maior parte das vezes entram nas lojas só porque sim!! É mais forte que nós!! É que nem por pertencerem à mesma "classe" evitam esse constrangimento. Educadamente, respondo sempre da mesma maneira "Estou só a ver, obrigada".
Mas, ontem isto passou a barreira do desconforto para entrar numa espécie de twilight das compras!! Ora entrei numa lojinha de bijuteria, que por si só são lojas bastante pequenas, onde dificilmente cabem mais de 10 clientes ao mesmo tempo, e mal entrei lá veio a empregada muito sorridente :"posso ajudar?", ao que eu respondi com tal frase da praxe, e ela sorridente respondeu "esteja á vontade" e afastou-se (não muito porque a dimensão da loja não o permite), eis se não quando dou a volta ao pequeno expositor central da loja e lá estava a mesma empregada outra vez!!! "olá boa tarde! posso ajudar?" 
ok,  momento de pânico!! e agora?? que lhe digo eu?? Devo ter feito uma cara estranha, e tentei responder com a mesma expressão, "estou só a ver, obrigada". 
Não sei se a miuda se apercebeu que tinha falado com a mesma pessoa nem há 1 minuto, mas a verdade é que não tinha entrado mais ninguém na loja e no total estavamos lá apenas 2 clientes incluindo eu. lol
Fiquei preocupada com a miuda! será um sinal de alzheimer precoce? ou estaria ela interessada em que eu saísse da loja?? cá para mim anda a fazer horas a mais e já não vê nada a frente :)
Será que sou só eu que não gosto do "posso ajudar?"?!!! Deixem-me bisbilhotar as lojas á vontade vá lá! please...
Mensagem do dia: Meninas lojistas por mais que a política da loja obrigue a "ajudar" as clientes, não exagerem na função ok?! please!!

2 comentários:

  1. Gostei imenso do teu blog. Beijinhos,
    Bomboca do Amor.

    ResponderEliminar
  2. é agora que um muito obrigada fica bem não é? :)
    Agora a sério:
    Obrigada

    ResponderEliminar